Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Março, 2007

castelo-do-geraldo1.JPG

15 de Abril de 2007

Percurso Pedestre (12 Km)

 Percurso de  BTT (30/35Km)

Estão abertas inscrições até dia 12 de Abril.

Contactos para inscrição: telem. 963276860/914737330

 Folheto Inscrição

Read Full Post »

Treino    Almoço

18 de Março
Foi um dia bem passado
Alguns elementos do Grupo reuniram-se para uma caminhada de treino.
Percurso: Graça do Divor – Sempre Noiva – Graça do Divor – paragem para almoço
O almoço foi um sucesso, tanto o bacalhau como a vitela , seguidos do digestivo apelidado de bolota, fizeram com que o percurso fosse alargado: Graça do Divor – Évora.

 

 Treino

Muitas famílias na nossa região, no inicio da primavera dedicam grande parte do seu fim de semana, cortando lenha: actividade essa que além de servir para manutenção das árvores serve também para armazenar combustível destinado a alimentar, fumeiros e lareiras durante todo o Inverno, este fim de semana encontramos uma dessas famílias …. Corte…

Dedicado a um pai muito especial…

Pode parecer uma anedota, mas não, passou-se nos anos 40 na Aldeia do Mato.

Um conhecido feitor de um dos montes mais conhecidos da zona “Monte do Corval“, tinha por hábito fazer aquilo a que hoje vulgarmente se chama petiscos, com os caseiros dos montes vizinhos. Num desses dias pede ao seu filho mais novo (com 9 anos de idade) que lhe fosse buscar um garrafão de vinho. O meio de transporte utilizado era um burro, o Ti Vito como todos lhe chamavam disse ao filho:

– Domingos vai e não te demores, (como o filho era muito traquina e por vezes fazia coisa do arco de velha como ela próprio dizia), olha e já agora não te esqueças de partir o garrafão ao passar o ribeiro.

Responde o filho:

– Sim meu pai.

Passado algum tempo já com a bucha pronta, o Ti Vito vislumbra o filho ao longe, mas não trazia o garrafão.

O pai pergunta :

– Domingos que fizeste ao garrafão?

O filho responde

– Então o pai não me disse para o partir ao passar do ribeiro foi o que eu fiz.

Como mudaram os valores!!!

Mª Céu Dez-Réis Grilo -19-03-2007

Read Full Post »

A Começar…

O passeio inaugural da temporada… Foram 146 caminheiros

Antes do fotografo

Obrigado a todos os participantes.

Depois do Fotografo

Read Full Post »

Ter em conta ….

Não são os mais apropriados… 

 

Os riscos de caminhar

Os riscos da caminhada são praticamente nulos, mas existem, como em qualquer outra actividade. Uma possibilidade são as lesões, embora não aconteçam com frequência por ser uma actividade de baixo impacto. Na prática, os riscos só aparecem se a pessoa fizer uma caminhada sem seguir as recomendações básicas, se exagerar no ritmo da actividade, superando a capacidade de seu corpo. Os pacientes cardíacos também devem tomar cuidado, mas seguindo orientações podem, e devem praticar o desporto. Uma recomendação importante é que o paciente evite aliar a caminhada ao uso regular do cigarro, à ingestão excessiva de álcool, mesmo antes ou depois do exercício.

Algumas recomendações. Informe-se sobre o grau de dificuldade do seu percurso; – Levar um meio de contacto; -Comida e líquidos; – Botas apropriadas; -Roupa leve. -Proteja a pele (use protector solar). -Levar Chapéu. – Tenha sempre em conta as dicas do Guia.

 

 

 

Caminheira mirim..

 

Ricardo Corrêa
Repórter
04/03/2006

Desde que aprendeu a ficar de pé o homem caminha. No início, simplesmente em busca de comida para matar a fome ou água para a sede. A cada volta que o tempo deu durante os milhares de anos em que a humanidade habita a terra, no entanto, as caminhadas continuaram, mas os interesses mudaram. Andava-se para conquistar territórios, depois para achar ouro, prata, pedras preciosas ou para a extracção de qualquer outro produto com valor financeiro. Andava-se para povoar os interiores, como foi no Brasil, com as bandeiras e entradas. Mas com o surgimento e a evolução dos veículos de transporte, as grandes caminhadas foram substituídas. Porém nunca houve alguém, em pé, que deixou de caminhar. Hoje, não é a comida, o ouro, ou os interesses expansionistas que movem quem adopta a caminhada como prática diária. A busca agora é por um corpo perfeito ou, para os mais conscientes, saúde.

Esta entrada foi editada pela caminheira Joana Dez-Réis Grilo

Read Full Post »

Fantástica

A MULHER É UMA FLOR

NO MUNDO ESTÁ PLANTADA

É UM VASO CHEIO DE AMOR

QUE OFERECE SEM PEDIR NADA

MULHER, ESPOSA E MÃE

É UMA OBRA DE GRANDEZA

O VALOR QUE ELA CONTÉM

DEUS O DEU À NATUREZA

——————

SER MULHER É TER VIRTUDE

PARA SABER DAR PERDÃO

TEM ASSIM ESSA ATITUDE

DITADA P’LO CORAÇÃO

Parte do poema de Hipólita  Carriço(Diário do Sul 8 -03-2007)

O homem é a águia que voa; a mulher, o rouxinol que canta. Voar é dominar o espaço e cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra; a mulher, onde começa o céu.

Victor Hugo

A azinheira

  

Árvores do Alentejo

Horas mortas… Curvada aos pés do Monte

A planície é um brasido e, torturadas,

As árvores sangrentas, revoltadas,

Gritam a Deus a benção duma fonte! 

 

 

E quando, manhã alta, o sol posponte

A oiro a giesta, a arder, pelas estradas,

Esfíngicas, recortam desgrenhadas

Os trágicos perfis no horizonte! 

 

 

Árvores! Corações, almas que choram,

Almas iguais à minha, almas que imploram

Em vão remédio para tanta mágoa! 

 

 

Árvores! Não choreis! Olhai e vede:— 

Também ando a gritar, morta de sede,

Pedindo a Deus a minha gota de água! 

                        Florbela Espanca

Read Full Post »